Home / Sexo Gay / Sexo Gay Mormon – Irmão Campbell – A Entrevista
Avantajados Videos Gay

Sexo Gay Mormon – Irmão Campbell – A Entrevista

O amor jovem pode ser uma coisa confusa. As hormônios estão correndo, o seu corpo está mudando, e há pressão do mundo ao seu redor para transar.

Elder Campbell foi pego mais do que a maioria nas mensagens vertiginosas vindas de dentro e de fora. Antes que ele ainda estivesse desenvolvendo os sentimentos químicos de atração, meninas estavam perseguindo-o esperando a namorá-lo.

E não é difícil ver o porquê. Campbell é um menino bonito, amável e sensível. Sua maior falha sempre foi seu próprio senso de preocupação. Tudo o que ele fez e faz é cuidadosamente considerado e meticulosamente planejado. E quando ele tem dúvidas, às vezes pode ser difícil para ele sair de sua própria cabeça e apenas agir.

Até que o bispo Hart veio.

Era um padrão para os jovens mórmons terem entrevistas individuais com os líderes de sua área para avaliar sua dignidade e piedade. Irmão Campbell não teve problemas para responder a mais perguntas, mas qualquer coisa sobre o sexo o deixou terrivelmente desconfortável. O bispo Hart estava programado para se encontrar com o menino mas já sabia do seu passado. E tal, ele estava determinado a superar seus limites. Afinal, quanto mais reprimido o menino, melhor é quando eles se submetem.

As perguntas do bispo Hart começaram bastante rotineiramente, mas ficaram cada vez mais invasivas. Perguntas sobre masturbação, fantasias, quantas vezes ele tem sonhos molhados e do que eles contêm. Então vieram as perguntas sobre homens.

Homens? Irmão Campbell nunca pensou ativamente em homens, mas uma vez que o assunto surgiu, essa mente entrou em excesso, lembrando os homens de sua vida. Meninos na missão, outros sacerdotes, amigos da família e do filho. Ele cruzou os braços instintivamente, como se tentasse proteger-se de algum jeito. Mas as perguntas de sondagem foram muito profundas.


Baixar Vídeo 136MB

About punhetario

Assista Também

Cupid Takes A Shot – Diego Sans & Luis Rubi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *